O que é a ABME

A Associação Brasileira de Memória Empresarial (ABME) tem como missão fortalecer as políticas e as práticas de memória empresarial no país e contribuir para o reconhecimento de seu valor estratégico na gestão e como patrimônio da sociedade e da cultura brasileira.

Entre seus principais objetivos estão: contribuir com a produção e disseminação do conhecimento relacionado à área; promover o fortalecimento político-institucional dos centros de memória empresarial; apoiar e incentivar a adoção de políticas públicas de preservação do patrimônio histórico material e imaterial das empresas brasileiras; além de apoiar e promover a formação de profissionais para atuar em centros de memória empresarial.

A ABME atua junto a gestores de empresas, profissionais do setor de memória empresarial, universidades, instituições culturais públicas e privadas, imprensa e formadores de opinião, e está aberta à participação de empresas que se empenhem em preservar a memória e gostariam de trocar experiências e discutir as melhores práticas de preservação da memória empresarial.

A associação surgiu como resultado de três anos de trabalho de uma rede formada por gestores de alguns dos principais centros de memória empresarial do país, que se uniram com a intenção de discutir o tema e contribuir para o desenvolvimento desta prática no universo corporativo.

Constituída em 2010, a Rede de Centros de Memória Empresarial cumpriu uma agenda de 12 encontros, nos quais seus integrantes trocaram experiências e debateram questões sobre a identidade e os desafios dos centros de memória. Os encontros também contaram com a participação de profissionais de diferentes áreas que apoiaram as reflexões do grupo.

Associados

FUNDAÇÃO BUNGE

O Centro de Memória Bunge preserva mais de 100 anos de história da empresa, e busca transformar o presente com ações de incentivo à leitura, à educação e ao desenvolvimento sustentável.

GRIFO PROJETOS

Atuando em projetos históricos e culturais, gerencia Centros de Memória em grandes corporações, instituições públicas e privadas, como Unilever, Fundação Fernando Henrique Cardoso e Suzano.

GRUPO GLOBO

Os centros de memória refletem sobre o papel cultural, político e econômico do Grupo Globo na história do país, transformando essa reflexão em conhecimento e instrumento de comunicação.

KLABIN

Criado em 1989, o Memória Klabin marca o pioneirismo da empresa em projetos de memória empresarial, preservando e divulgando a memória da empresa e de seu patrimônio imaterial.

Memória da Eletricidade

Criada em 1986 para pesquisar, preservar e disseminar a história da implantação e do desenvolvimento da energia elétrica no Brasil, a Memória da Eletricidade expandiu a sua atuação e hoje promove iniciativas de gestão de memória, conhecimento e informação para além do setor elétrico.

VOTORANTIM

O Memória Votorantim preserva o legado familiar empresarial e produz conhecimento a partir da história da Votorantim e de seus empreendedores, no contexto da produção industrial do Brasil.

ABME indica

Artigo Memória, relatos autobiográficos e identidade institucional

Ana Paula Goulart e Marialva Barbosa. Comunicação e Sociedade, São Paulo, vol. 28, n. 47, p. 99-114, jun. 2007 Indicação: Miriam Collares Tema: memória institucional, identidade institucional

Nos últimos anos, cada vez mais empresas têm investido em projetos de pesquisa sobre a sua história, muitas vezes criando museus e arquivos com acervos próprios, publicando livros e organizando programas de memória oral, entrevistando profissionais que atuam ou atuaram no seu interior. O objetivo deste trabalho é refletir sobre o impulso memorialista dessas instituições, sobretudo as de comunicação. [+]

Guia prático de história oral: para empresas, universidades, comunidades, famílias

José Carlos Sebe Bom Meihy e Suzana Lopes Salgado Ribeiro. Contexto, 2011 Indicação: Miriam Collares, especialista em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia e mestre em Bens Culturais e Projetos Sociais pelo CPDOC-FGV Tema: história oral

Este guia atualiza conceitos e indica caminhos operacionais para interessados em trabalhos com entrevistas. Escrito com clareza e objetividade, o livro é recomendado para acadêmicos, comunidades e empresas. Rigor na condução de projetos e fundamentação teórica são atributos que valorizam os trabalhos na área de história oral. [+]

ver todas

Notícias

ABME elege Conselho Consultivo

Neste mês de março, a ABME dá mais um passo para ampliar a sua atuação: passaremos a ter um Conselho Consultivo formado por referências [+]

ver todas