Villa Kyrial: crônica da Belle Époque paulistana

Marcia Camargos. São Paulo: Senac, 2002 Indicação: Jacques Marcovitch Tema: história cultural; cenários urbanos

Este livro é de grande importância para a história cultural de São Paulo e recupera de maneira exemplar a Villa Kyrial e seu animador, José de Freitas Valle, uma personalidade injustamente esquecida, cuja atuação nas artes, na literatura e na instrução pública foi relevante entre 1900 e 1930. São felizes os estudos que podem preencher lacunas como esta. A leitura deste livro bem concebido e bem escrito é um prazer. Nele Marcia Camargos conseguiu pôr de pé um figura de destaque na vida cultural paulistana. Seu valor não é devido apenas à escolha do assunto, mas também e sobretudo ao esforço de pesquisa e à segurança dos critérios de análise e exposição.